Residencial para idosos e o sentimento de culpa

Residencial para idosos e o sentimento de culpa

Há momentos em nossa vida em que precisamos tomar decisões difíceis que vão de encontro a valores culturais e crenças incutidas socialmente. Isso ocorre geralmente quando nos deparamos com entes queridos que envelhecem, por vezes adoecem e estão sob nossa responsabilidade. Pensar na possibilidade de um residencial para idosos pode gerar um sentimento de culpa. Em alguns casos não recebemos o apoio e auxílio esperados de outros familiares e responsáveis, e nos vemos diante de um impasse: como dar a assistência necessária a alguém que se mostra cada vez mais dependente e precisando de cuidados especiais, sabendo que residenciais para idosos podem fazer esse serviço de certa forma, melhor do que eu.

O primeiro passo é refletir sobre o “não consigo”, este é o primeiro sinal a ser identificado e pode viabilizar a criação de novas estratégias que melhorem a condição de vida dos familiares envolvidos (pais que necessitam de cuidados e filhos cuidadores, esposos de filhas cuidadoras, filhos de filhas cuidadoras, etc.)

Após refletir sobre as necessidades do idoso e suas condições para atende-las, é que nós entramos em contato com as emoções, e a culpa é uma das mais prevalentes.

O sentimento de culpa deve ser superado por um sentimento de respeito e atenção com aquele que se preocupou com pessoas durante uma vida.

Outro ponto importante a ser levado em consideração é: cuidar ou dividir os cuidados com profissionais especializados ou um residencial para idosos, sempre com a premissa de que a mudança promoverá o bem-estar do idoso.

Pensar em estratégias e soluções que possam ir de encontro à satisfação de todos os membros familiares é a forma mais saudável de se viver, haja vista o fator tempo e atribuições do mundo moderno, que precisam ser administradas para que todos gozem plenamente de suas vidas, o que é um direito individual e merece a devida reflexão.

Quer mais informações e dicas para a hora de decidir sobre um residencial de idosos? Baixe agora nosso E-book!

cta_e-book_hora_de_decidir_sba_residencial_baixe_aqui_sem_baixe_aqui

Share